Lei natural do eco!

Dar e receber!

O universo opera por meio de trocas: forças dinâmicas, opostas e complementares mantêm vivo o fluxo permanente dentro dele. Dar e receber são dois lados de uma mesma moeda, assim como luz e sobra, calor e frio. Um não existe sem o outro. Um complementa e torna o outro possível.

É como diz o conto:

Um pai e seu filho subiam uma montanha, quando de repente o menino caiu e torceu o pé. Ao sentir a dor gritou:

– Ai!

E para sua surpresa uma voz em algum lugar da montanha gritou de volta:

-Ai!

Curioso, o menino perguntou:

– Quem é você?

E recebeu como resposta:

– Quem é você?

Contrariado ele gritou:

– Seu covarde!

E escutou de volta o mesmo insulto.

Aflito o menino olhou então para o pai e perguntou o que estava acontecendo.

O homen sorriu. – Meu filho, preste atenção.

E gritou em direção a montanha:

– Eu admiro você!

A voz repetiu:

– Eu admiro você!

De novo o homen gritou:

-Você é um campeão!

A voz repetiu:

– Você é um campeão!

O menino ficou espantado até que o pai explicou:

– as pessoas chamam isso de eco, mas na verdade é a vida. A vida, assim como o eco, devolve tudo o que você lhe dá.

Portanto, devemos aprender a fazer aos outros o que queremos receber, pois é isso que teremos de volta do universo. Esta lei é implacável. A melhor maneira de operá-la a nosso favor é treinando a nossa capacidade de dar – dar com o coracão, dar com atenção, dar com intenção, dar com amor.

Namastê,

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *