O Grande Espetáculo


Este poema foi escrito por uma professora de Yoga que através de suas práticas, da sua delicadeza e amor ao yoga me inspirou também a seguir esta profissão. Tem uma frase que eu adoro que diz: “O maior luxo da vida é a simplicidade”. Para mim, poder respirar com consciência é um grande luxo, desde que aprendi os pranayamas (técnicas respiratórias do yoga), me sinto a pessoa mais rica deste mundo!

Inspirar e expirar

Abrir e fechar

Receber e dar.

Assista no corpo o espetáculo da vida

Neste corpo que vibra

O que você pensa

O que você sente.

Feche os olhos.

Escute a orquestra do infinito

No sopro da respiração

Na percussão do coração

Na melodia das cordas vocais.

A grande obra está feita

Não há mais nada a criar

Mas simplesmente contemplar.

Vamos nós dançarinos entrar no ar!

Saltos e piruetas

Tristezas e alegrias

Sorrisos e lágrimas

Dançar pelo simples prazer de dançar

Porque a obra prima está feita

Fazemos parte dela

Ela faz parte de nós

E só nos resta dançar

E deixar o corpo agir, se expressar

Trabalhar, dormir, acordar

Soltar o movimento numa sincronia perfeita com o inspirar e expirar.

 

Ro de Castro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *